you gradually get over the pain

Eu não desejo coisas terríveis pra você. Espero que você fique bem e que a pessoa com quem você está se importe como eu me importo. Quero que seja feliz e que faça o que ama, mas gostaria que nunca me esquecesse. Talvez seja verdade o que eles dizem: existem essas  pessoas que você nunca deixa de lado. Não importa quantos outros indivíduos interessantes você conheça,  ou que te tratem melhor ou que te amem mais, no fundo da sua mente existe sempre aquela pessoa que você não consegue esquecer de forma nenhuma.

But memories also become less painful in time

rir pra não chorar

Sabe como você percebe que riu pra não chorar? Quando na hora que ri, você automaticamente balança a cabeça de um lado pro outro em sinal de negação. É um riso de desgosto.

Senhores políticos, o que os senhores pensam? Que estão imunes às críticas? Que estão acima da lei de qualquer suspeita? Que o povo que escolheu vocês nessa utópica democracia vá defendê-los até o fim, custe o que custar, aconteça o que acontecer? Não.

De todos os casos de desvio de dinheiro público, mensalões e mensalinhos, lobbys e extorções, esse  atual escândalo que envolve José Roberto Arruda, assusta  ainda mais pelo cinismo exarcebado. Cinismo nas imagens, onde rios de dinheiro vivo são carregados assim, na mão, à vista de qualquer um que entre no gabinete de Durval.  E tudo beira ao cômico, ao ridículo. Uma senhora aparentemente igênua, daquelas que sorriem pra você no elevador, entra na sala e superlota sua bolsinha com centenas de notas de dinheiro. Sabe aquela cena de Meu nome não é Jhonny, onde a velhinha trafica drogas,   e chama de ambrosia? É tipo isso; O evangélico agradece à seu Deus pela bênção o dinheiro sujo, porque sabe como é né, O Senhor é o pastor e nada faltará. Só a vergonha na cara.

 Cinismo também nas explicações: quanto mais o excelentíssimo José Roberto Arruda tenta se defender, mais piora sua situação.  “Oh, eu não peguei aquele dinheiro, a culpa é da câmera que esquentou e esfriou demais“. Depois: “Ah, o dinheiro foi pra comprar panetones pra familias pobres” que bom coração ele tem. É tudo manobra da oposição pra difamá-lo, gente, coitadinho ele não tem culpa. “Queremos expressar nossa indignação pela trama que estamos sendo vítimas, engendrada por adversários políticos“. As vítimas são eles então? Desculpe, mas eu não sou idiota

E muitas vezes me recriminam quando eu digo que se deve cortar o mal pela raiz. Como uma imagem vale mais que mil palavras, aqui vai minha mensagem final: