fábrica de modinhas.

Nunca gostei dessas ‘revistas para meninas’. Sempre achei inúteis de certa forma, bobas até. Não consigo ver qual a graça  em  fazer testes de amor, ler sobre namoro ou comprar uma revista só pra ficar vendo foto de ‘meninos bonitos’. Nunca vi graça, e provavelmente nunca verei. As poucas vezes que comprei um revista dessa foram naquelas em que idolos meus saíram na capa ou num poster exclusivo, e aí recotava as entrevistas e não lia o resto. Simples, prático.

Leila concorda comigo.

Acho que, revistas como a Capricho, Todateen e afins são fábricas de modinhas. Na hora de divulgar algo novo é quando pecam mais:  uma banda legal que ninguém conhecia, no outro dia já é a preferida de dezenas de garotas da sua escola, que sonham em casar com o vocalista cujo nome nem sabem pronunciar.
Isso não é de todo ruim, visto que com mais fãs, seu ídolo pode ir até um lugar mais perto de você, mas acho que essa divulgação é mal feita, de certa forma. Ao falarem de uma banda já induzem comparações, rotulam erronaemente, e muitas vezes não dão ênfase ao talento do grupo, mas à beleza.

E os fãs que já conheciam essa banda/esse ator/atriz/filme/livro ou sejá lá o que for, se sentem ofendidos quando vêem comparações sem sentido, informações mal passadas, e principalmente, quando não tratam com o devido valor aquilo que eles tanto gostam.

No fim das contas, a gente devia mesmo era ler uma crítica e assistir um documentário independente sobre a educação do país, sei lá.

se você respondeu mais letra a.

Eles está mesmo a fim de você? O namoro de vocês vai dar certo? Sua melhor amiga é amiga da onça? Qual personagem da disney você é? Essas e outras zilhares de perguntas são temas de TESTES! É, baixinho e baixinha e Cláudia, testes, que servem exatamente pra…… hm……. testar você sobre……hm…….. coisas idiotas ou não e que no final você já sabia que sabia ou não, e isso tá ficando muito confuso então vamos começar de novo DORGAS.

O fato é que testes testando um dois tres alossom são muitas vezes tão idiotas que você pensa: ‘eu fiz mesmo isso?’. As perguntas tem alternativas tão na cara que até a vovozinha sabe o resultado que vai dar. Claro, têm uns testes legais, como os de QI, que apesar de não medirem inteligência realmente  são divertidos, e tem os testes de idiotice, que são engraçados (eu já fiz vários, mas não sou idiota É SERIO) e os de testar o cérebro e ilusões de ótica. Esses são legais.
Mas tem os testes retardados e idiotas, tipo “Seu namorado gosta mesmo de você?” ou “Sua amiga é de verdade?”. Além das perguntas serem óbvias, as alternativas deixam mais que explicito o resultado. Pra provar isso, vou mostrar um teste que está num site muito cult e respeitado no cenário brasileiro:  O Site da Capricho! Observem a genialidade da pessoa que criou esse teste e que se esforçou AO MÁXIMO que seus dois neurônios lhe permitiram para que as respostas fossem o MAIS OBVIAS possíveis.

Você é uma menina muito dramática?

1 – Você acabou de achar a sua blusa novinha toda manchada. Qual sua primeira reação?
– Fico muito irritada,mas acabo entendendo que ninguém fez de propósito.
– Já sai berrando pela casa, gritando que é um absurdo isso e que você quer outra novinha
– Deixo pra lá! Se não conseguir tingir, comprou outra na mesma loja.
Vamos lá, deixem-me usar meus super poderes pisiquicos para prever esses resultados… Eu tenho a LEVE IMPRESSAO de que  a primeira é de uma pessoa controlada, a segunda é de uma pessoa drmática e a terceira é de uma pessoa nem um pouco preocupada. SERÁ QUE EU ACERTEI, LOMABARDI?

2 – Aquele salgadinho do intervalo da aula não te fez muito bem. O que você faz?
– Sabe que é um mal estar e que vai passar.
(Pessoa corajosa.)
Tem certeza vai ter uma infecção séria e quer ir pro hospital.( Pessoa dramática)
– Toma um remédio e fica de olho pra ver se melhora. (Pessoa Normal.)

3 – Você tirou nota baixa e vai ter que mostrar o boletim! O que pensa?
– Agora não adianta, tenho que prometer que vou estudar e recuperar essa nota.
(Mané que não tem as manha, mano.)
Meu deus! Eu nunca mais vou poder sair, eu vou fugir de casa! (Ai, amiga, que sofris, se mata.)
– Vou mostrar primeiro a boas e pensar numa boa desculpa pra essa nota. (Pessoa com neurônios.)

Marquei as opções em negrito e não sei porquê, mas ACHO DE LEVE que vou ser taxada como uma pessoa dramática, vê se pode.

RESULTADO:
Um pouquinho além do normal.
Calma que assim você pode acabar sofrendo a toa. Nem sempre tudo tende a ir para o pior caminho!

NÃO É QUE EU ACERTEI, LOMBARDI?
Eu devia jogar na mega sena.
Pra ver o teste original no site clica onde ta escrito aqui aqui.