era das revoluções

Cidade com nome de gente pra mostrar quem é que manda. O poder tá tatuado no sangue porque tatuagem na pele é coisa de malandro. Essa vontade de mudar o mundo, de espalhar ideologia, difundir idéias, fazer discurso e ser calado, protestar contra isso e ser calado de novo, gritar pros quatro cantos do mundo que tá tudo errado. Eu quero sentir a mudança pulsando pelo mundo como a adrenalina corre pelas minhas veias, chega até o cérebro e me deixa assim tão viva.  Como a Terra segue sua órbita rotineira enquanto o amor escorrega entre nossos dedos?  Alinho o transferidor num ângulo no livro de matemática e um míssil Sindewinder parte em direção a um Mirage III. Traço uma círculo no compasso e um soldado da Guarda Galesa surge no meio dos arbustos em chamas e leva um tiro no olho. Como o mundo consegue seguir em frente como se nada disso estivesse acontecendo?
Falta a faísca pra acender o pavio, as mentes e as ideias estão aqui na mente, precisando de um tapa pra saírem pela boca, gritadas com todas as forças porque o futuro depende disso, amor depende disso. As ideias estão aqui se debatendo como os loucos se debatem contra as paredes do sanatório e sem o incentivo pra que saiam elas vão caindo esquecidas no fundo do meu lobo frontal.

Um pouco mais de azul e eu era além.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s