v1d4 l0k

O que não falta no mundo agora é rapper.  E dos mais variados tipos: tem o bonzinho, o do mal, o que rouba banco, o que bate na Rihanna… Mas o fato é que eles conseguiram dominar os canais de tv e rádio. Eu estava assistindo o Top 10 de um canal de música e 6, SEIS, foram rappers. Não vou dizer que odeio esse tipo de música e que nunca ficaria 5 minutos numa festa que tocasse, porque é mentira. Acho que é um bom tipo de som pra você dançar e se animar, mas UMA HORA  CANSA! Toda hora surge um rapper novo, rapper albino, rapper indiano, rapper mirim, rapper vampiro. Então hoje eu vou analisar as músicas desses gênios que trazem dinheiro à indústria fonográfica, e aí vocês vão refletir e fazer um mundo melhor SNT.

1- Akon – Sexy Bitch


Se você é Playsson, vai pra night todo dia com seu carrão pegar todas, com certeza conhece e idolatra o Akon negão da Afrik.  Como um pouco e dois é bom, eles se juntou com um DJ amante de rappers, e saiu a música Sexy Bitch, mas como as crianças não podem ouvir essa palavra, é vendida como Sexy Chick. Uau. Sexy Chick. Mas é claro que as crianças podem ver o clipe educativo dessa música, que segue o modelo de mulher, treta, dinheiro, mulher, festa, mulher.

2-  50 cent – 21 questions


50 é o rapper chave de cadeia. Malandro é malandro, mané é mané, tá ligado? Mas de novo, o esquema mulher, dinheiro, treta, mulher aparece.  É uma fórmula simples e óbvia, e aí eu me pergunto: Será que SÓ EU CANSO DE VER SEMPRE ISSO? Perceba também as palminhas indispensáveis para um sucesso de rap, elas estão aí. Elas estão em todo lugar.

3- Lil Wayne – Lollipop


Observe a genialidade desse poeta: She said lick me like a lollipop. Me lambe como um pirulito.  E o clipe em si já diz: Curta a vida muito louco, torre seu dinheiro infinito numa limusine , é.

4-Chris Brown – With You


Chris Brown é o rapper bonzinho, que faz letras de amor, I don’t need money, I don’t need cars, girl, you’re my heart. Ele anda de busão e vive de amor, mas claro, não dispensa as palmadinhas. Ele deve ser tão amável né , gente?

Depois falam mal do Lapada na Rachada.

Anúncios

3 pensamentos sobre “v1d4 l0k

  1. palavras de Nick Hornby, em entrevista à Veja:

    “Fora do rock, ainda há algumas formas musicais que os pais têm dificuldade para entender. O hip-hop é um exemplo, não tanto pela música em si, mas pela atitude social que seus artistas transmitem. É irônico: achamos que somos muito liberais e que nada do que nossos filhos façam pode nos chocar. O que nos choca no hip-hop são o machismo e o materialismo das letras. De certo modo, ficamos incomodados com o conservadorismo dessa música.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s