no meu tempo.

Quando eu era criança não existiam patamares sociais. Gostávamos de jogar bola, pular corda, correr, e pisar no terra. Não existia corrupção, nem miséria, e a única causa da fome no mundo era que eu deixava comida no prato. Quando eu era criança a China era mais distante, japoneses andavam de cabeça pra baixo e os desenhos eram outros. Meu livros tinham desenhos, não precisava de fórmulas pra estudar, e relacionamentos eram verdadeiros.  O dinheiro que saía do caixa não acabava,  vinte reais era muito,  piscina era a maior maravilha e quando eu pegava gotas de chuva com a língua ficava mais inteligente. Naquela época meu maior medo era de monstro e do homem do saco, mas depois minha amiga imaginária me disse que tava tudo bem. 

Acho que se a gente fosse assim de novo, iria ficar tudo bem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s